HISTÓRIA

Os vinhos Passagem provêem da Quinta de Bandeiras, uma propriedade de 100 hectares localizada no Douro Superior na margem direita do rio e perto do Pocinho, em frente ao famoso Vale Meão. Até que o Vale Meão se tornasse por si só bastante famoso, as suas uvas eram utilizadas para produzir os famosos vinhos Barca Velha, a ‘Vega Sicilia’ de Portugal. Assim, a localização de Bandeiras não podia ser mais perfeita. Bandeiras foi comprada pela familia Bergqvist  (Quinta de la Rosa) em 2005, o vinho é uma aventura conjunta entre o Jorge Moreira (Poeira) e a familia Bergqvist.

Passagem significa uma viagem ou uma travessia, ou uma passagem de nível por exemplo.  Existe uma casa e uma passagem de nível abandonadas na propriedade, e foi isso que inspirou e influenciou a escolha do nome. O local em si, está cheio de histórias de viagens e passagens…desde a época da pré história em Foz Coa com as suas pinturas rupestres até á passagem dos Romanos ou mais tarde á idade Medieval que deixou marcas na construção de estradas famosas,  ou mesmo marcas do século XVIII com a construçãao da linha de ferro e já nos nossos dias com a construção de uma via rápida na zona. E claro, o Jorge está a explorar novos  terroirs que produzirão vinhos diferentes no Douro Superior.

VINHAS

Comprámos 9 Hectares de vinhas velhas com uma plantação mista de variedades de uvas de porto tanto tinto como branco. Em 2005/06 plantámos (maioritáriamente na vertical) outros 20 Hectares de Touriga Nacional e Touriga Franca mais perto do rio. Ainda novas, estas vinhas começam agora a produzir excelentes uvas, que com o tempo ainda ficarão melhores. Jorge está bastante animado com as perspectivas e acredita que com a sua visão e localização, Bandeiras tem o potencial para se tornar numas das mais conceituadas vinhas do Douro Suoerior.

FILOSOFIA

A abordagem do Jorge é trazer até nós o terroir do Douro que ainda se encontra altamente inexplorado. Ele acredita em produzir vinhos com equilibrio e harmonia deixando que as uvas se expressem por si só dentro da garrafa. Os vinhos Passagem em estilo, serao encorpados e mais intensos, expressando a generosidade de aromas típicos do Douro Superior.

IMPRENSA

Até agora os vinhos Passagem têm sido muito bem recebidos pela imprensa, recebendo as seguintes distinções:

Passagem Reserva 2013
91 pts Wine Advocate, 92 pts Wine Enthusiast Editors Choice, 90 pts Wine Spectator, 50 Melhores Vinhos de Portugal - Viniportugal

Passagem Reserva 2011
91 pts  Wine Enthusiast, 92 pts Wine Spectator, 17 Revista dos Vinhos

Passagem Reserva 2010
93 pts Wine Enthusiast, 16.5 Revista dos Vinhos, 92 Falstaff Magazine

Passagem 2009 Grande Reserva Tinto
Lançado em 2016, quando pronto a beber. Best Wine of Portugal Essencia do Vinho 2017, Melhor Vinho do Douro – prova cega de produtores e opinion makers do Douro em junho de 2017

Passagem 2009 Reserva Tinto
91 Pts CELLAR SELECTION – Wine Enthusiast 2012, 90 Pts Robert Parker 2012*** 3 Stars Decanter, Medalha de Prata IWC 2012

Passagem 2008 Tinto
94 Pts Jamie Goode, Wine Anorak, Melhores do Douro – um dos melhores vinhos do Douro Revista de Vinhos, 

Passagem 2007 Tinto
95 pts Wine & Spirit Magazine, 90 pts Parker March 2010, Wine of the Day (Best of Tasting) El Mundo del Vino, 17.5 Revista dos Vinhos 

Banderias
Crossing sign
Jorge Moreiraw